Patos - PB 1 de março de 2024

Publicidade

Mercado Imobiliário deverá ter Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa da PB

Esta será uma das primeiras ações do deputado estadual eleito George Morais ao assumir seu primeiro mandato no próximo mês de janeiro. A afirmação foi dada pelo próprio na manhã desta quarta-feira (23) durante visita ao presidente do Creci-PB, Ubirajara Marques, na Sede do Órgão, em João Pessoa.

“A reunião foi das mais produtivas, pois tive a oportunidade de apresentar ideias e colher sugestões acerca de um setor que, junto à construção civil, é verdadeira mola propulsora da economia, ao, por exemplo, gerar emprego e renda”, destacou George. Ele acrescentou que, nesse contexto, pretende incentivar outras ações em setores como de comércio e de turismo, nos quais a atuação dos profissionais do mercado imobiliário repercute positivamente.

Por sua vez, o presidente Bira, como é mais conhecido, agradeceu pela iniciativa e apoio a pautas como essa, que são prioritárias em sua gestão, junto à intensificação da fiscalização, voltadas ao cada vez melhor funcionamento do mercado imobiliário, fortalecimento da categoria e efetivo combate ao exercício ilegal da profissão.

Para o 1° diretor-secretário Glauco Morais, que também participou do encontro, é chegado o momento de o mercado imobiliário ser também levado a sério pelas casas legislativas estaduais e municipais, assim como acontece no Congresso Nacional.

Discussão mais ampla

“O aquecimento do setor pressupõe uma discussão mais ampla, de modo que as empresas do setor e as entidades representativas precisam contar com suporte legislativo e político dos parlamentares. Essa é a nossa expectativa e esperamos que o deputado eleito George Morais possa encabeçar, na próxima legislatura, a criação e instalação da frente parlamentar do mercado imobiliário na assembleia legislativa da Paraíba”, concluiu.

Participaram ainda da visita o diretor de integração regional Tarcísio Galdino, os conselheiros estaduais Luiz Gerson Dantas Junior (coordenador adjunto de fiscalização da região Cariri;Curimataú), Wagner Barbosa (coordenador da Turma de Julgamento) e Roseli Cavalcanti, o ouvidor Carlos Chagas e o superintendente Gustavo Beltrão.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE