Patos - PB 23 de fevereiro de 2024

Publicidade

ALPB institui voto aberto para Mesa Diretora e julgamento das contas do governador

O plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por maioria, o projeto de resolução que institui o voto aberto na eleição para Mesa Diretora da Casa.

A partir de 2023, quando será empossada a nova legislatura na Casa de Epitácio Pessoa, os deputados vão eleger os membros da Mesa Diretora através da votação aberta. Anteriormente, a escolha era feita de forma sigilosa.

De acordo com o texto, as eleições para Mesa vão acontecer logo após a posse dos deputados. As primeira Mesa eleita, no entanto, só poderá ser empossada após a eleição para o 2º biênio.

Mudança também nas  contas do governador 

O projeto aprovado hoje também altera o sistema de votação dos pareceres emitidos pelo Tribunal de Contas do Estado sobre a análise das contas de governadores.

O julgamento também acontecerá com votação aberta em turno único.

Votaram favoráveis ao texto: Adriano Galdino, Anderson Monteiro, Anísio Maia, Bosco Carneiro, Branco Mendes, Buba Germano, Caio Roberto, Chió, Cida Ramos, Walber Virgolino, Dra. Paula, Doda de Tião, Dr. Érico, Edmilson Soares, Jeová Campos, Júnior Araújo, Jutay Menezes, Estela Bezerra, Manoel Ludgério, João Gonçalves, Moacir Rodrigues, Pollyanna Dutra, Raniery Paulino, Ricardo Barbosa, Tião Gomes, Tovar Correia Lima e Wilson Filho.

Votaram contrários à matéria: Dr. Taciano Diniz, Camila Toscano, Eduardo Carneiro, Galego Souza, Hervázio Bezerra e Inácio Falcão.

Candidatos 

Até o momento, já demonstraram interesse em disputar a presidência da Assembleia Legislativa os deputados Branco Mendes (Republicanos) e Eduardo Carneiro (SD), para o primeiro biênio, e Adriano Galdino (Republicanos), Galego Souza (PP) e Inácio Falcão (PCdoB) para o segundo biênio.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE