Patos - PB 1 de março de 2024

Publicidade

Operador descobre demissão e mata colega usando retroescavadeira; vítima estava em banheiro químico

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });
Foto: G1

A Polícia Civil do Pará investiga as circunstâncias que terminaram com a morte de um homem em um canteiro de obras na cidade de Oriximiná. Ele estava dentro de um banqueiro químico quando a estrutura foi atingida por uma retroescavadeira operada por outro trabalhador. O operador acabou preso.

O operador que manejava a retroescavadeira foi preso em flagrante e responderá por homicídio culposo no trânsito. Segundo o delegado Igor Belchior relatou ao g1, o operador da máquina teria agido por raiva ao descobrir que seria demitido da empresa terceirizada a qual prestava serviço no canteiro de obras.

O trabalhador morto pelo operador da escavadeira sofreu traumatismo craniano devido ao peso da máquina. Já o preso teve fiança arbitrada, no entanto, não pagou.

A Mineração Rio Norte (MRN), responsável pelas obras emitiu nota em que confirmou o falecimento do trabalhador. Por meio dela, a empresa diz que presta sua solidariedade e apoio à família do homem “neste momento de dor” e que o caso é investigado pelas autoridades.

Metrópoles com informações de g1

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE