Patos - PB 25 de fevereiro de 2024

Publicidade

Mais de 100 cidades nordestinas podem receber infraestrutura de 5G

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });
Foto: reprodução

A partir de segunda-feira (27), 103 cidades do Nordeste serão liberadas para instalação do 5G. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou, em reunião nesta quinta-feira (23), antecipar a liberação da faixa de 3,5 GHz em 347 municípios de todo o país. As localidades estão distribuídas em 23 estados. A decisão possibilita que as operadoras possam solicitar a implantação da infraestrutura da quinta geração de redes móveis. Até o momento, um total de 487 localidades obtiveram a liberação da autarquia.

Ceará (18), Bahia (17), Rio Grande do Norte (14), Maranhão (13), Piauí (12), Alagoas (11), Pernambuco (9), Paraíba (6) e Sergipe (3) tiveram cidades comtempladas. “Além de acompanhar a implementação da tecnologia em todo o país, cobramos as operadoras quanto à qualidade do serviço, visto que tanto o Ministério das Comunicações quanto a Anatel têm recebido reclamações de usuários”, afirmou o ministro Juscelino Filho. Durante reunião com as operadoras de telecomunicações realizada no final de janeiro, ele reforçou que a MCom deve realizar uma pesquisa de opinião a respeito do assunto e sugeriu que as empresas façam um diagnóstico da situação.

Leia mais: Ministro das Comunicações cobra melhorias nos serviços 4G e 5G em todo o País

As liberações ocorrem quando concluída a migração da recepção do sinal de televisão aberta e gratuita por meio de antenas parabólicas na banda C satelital para a banda Ku. O edital do leilão também garantiu investimento das operadoras vencedoras para distribuição de kits para recepção aos cadastrados no CadÚnico — lista de beneficiários dos programas sociais do Governo Federal.

Na reunião desta quinta-feira, o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi), criado pelo Edital do 5G, também lançou um Painel para acompanhamento das atividades.



Ascom MCom

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE