Patos - PB 19 de julho de 2024

Publicidade

Produção de queijos do Cariri está entre os 50 melhores do Mundo, aponta ranking

Foto: reprodução

O queijo coalho, cuja maior produção nacional tem origem nos Estados da Paraíba, Pernambuco e Ceará, está entre os 50 (cinquenta) melhores do mundo.

A informação é do ranking elaborado pelo TasteAtlas, plataforma que reúne informações de pratos, ingredientes e restaurantes de todo o planeta e que divulga rankings regulares apontando as melhores culinárias do mundo.

De acordo com a plataforma, o queijo coalho, que é o tipo de queijo mais antigo feito no Brasil, conquistou o 40º lugar no ranking mundial sendo caracterizada como “firme, mas, de textura elástica e coloração levemente amarelada“.

O TasteAtlas ainda registrou que “o coalho é geralmente vendido em espetinhos para ser grelhado, porque pode suportar altas temperaturas sem derreter facilmente. Seu sabor é salgado e ácido, o que o torna o petisco ideal em inúmeras praias brasileiras, onde geralmente é [servido] assado com uma pitada de orégano“.

Paraíba

Na Paraíba, o queijo coalho, que é um frescal feito a partir do leite da vaca, é trabalhado de modo artesanal e tem produção registrada principalmente na Região do Cariri com destaque para o município de Soledade, historicamente considerado a ‘terra do queijo’.

De acordo com dados oficiais, a Paraíba possui mais de 500 (quinhentas) queijeiras, porém, com mais de 50 (cinquenta) municípios produtores de queijos artesanais no Cariri paraibano, ao lado de Soledade, as cidades de Boa Vista, Cabaceiras, São Domingos do Cariri, São João do Cariri, São João do Tigre, Serra Branca, Soledade, Sumé e Taperoá formam uma das mais consolidadas redes de produção do queijo tipo coalho em território nacional.

Clique aqui e confira a íntegra do ranking mundial.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE