Patos - PB 27 de maio de 2024

Publicidade

Assembleia lamenta morte do prefeito de Pedras de Fogo Manoel Junior

Foto: reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, em nome de todos os servidores de parlamentares da Casa de Epitácio Pessoa, vem a público lamentar a morte do prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior. Ele tinha 59 anos e estava internado em um hospital da Capital, por complicações em decorrência de um câncer.

“A Paraíba hoje perde um grande político municipalista que sempre lutou por melhorias para todas as cidades da Paraíba. Fica aqui nossas condolências, aos amigos, familiares e apoiadores e o exemplo de um paraibano que sempre almejou um Estado mais digno para todos”, frisou Adriano.

Formado em medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e pós-graduado em cirurgia geral pelo Hospital Getúlio Vargas, Manoel Junior foi prefeito de Pedras de Fogo por quatro mandatos, deputado estadual, vice-prefeito de João Pessoa e exerceu por três mandatos consecutivos o cargo de deputado federal pelo estado da Paraíba.

Foi também presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (FAMUP) de 1997 a 2002, e secretário-geral da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) de 1998 a 2002. Atualmente, era dirigente da CNM.

Ainda não há informações sobre o velório e enterro de Manoel Junior.

Assessoria

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE