Patos - PB 29 de fevereiro de 2024

Publicidade

Brasil e Israel discutem parceria para compartilhar tecnologias voltadas à inclusão digital

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });
Foto: reprodução

Em breve, Brasil e Israel vão assinar um Memorando de Entendimento para compartilhar experiências na área de tecnologia. A decisão foi anunciada pelo ministro das Comunicações, Juscelino Filho, após reunião com o ministro de Israel, Shlomo Karhi, nesta quinta-feira (2).

Israel é um dos líderes mundiais no desenvolvimento de tecnologia de ponta e inovação — o país, por exemplo, implantou a quinta geração de dados móveis (5G) antes do Brasil. E esse foi um dos temas abordados — inclusive, as potencialidades que a tecnologia trará para a economia. Israel tem avançado bastante na conectividade e garantiu que, até 2025, o país terá cobertura total de fibra óptica.
 

“Foi um encontro muito produtivo, uma excelente oportunidade para trocarmos informações e ideias sobre a implementação do 5G no Brasil e novas tecnologias que possam promover a inclusão digital para os brasileiros”, afirmou Juscelino Filho. O ministro das Comunicações estava acompanhado pelo secretário de Telecomunicações, Maximiliano Martinhão, e pelo chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais da Pasta, Jeferson Nacif.
 

VISITAS — Na agenda oficial desta quinta, a delegação brasileira também visitou a sede da Juganu (empresa especializada em iluminação, conectividade e inovação de alta tecnologia), na cidade de Or Yehuda, em Israel. Lá, foram demonstrados equipamentos de monitoramento e sensoriamento que transformam postes de iluminação pública em luminárias inteligentes, possibilitando conexão e gestão diretas das administrações locais.
 

O último compromisso do dia foi na Israel Aerospace Industries (IAI), empresa referência na produção de eletrônicos de alta tecnologia e aviação aeroespacial. A empresa apresentou ao ministro sua estrutura, atualmente composta por quatro divisões: aviação civil, aviação militar, aeroespacial e cibersegurança. Também foram apresentadas as principais características dos satélites lançados e em operação. E, ainda, discutidos temas como o futuro das redes geoestacionárias, das redes de baixa órbita, sustentabilidade e lixo orbital, monitoramento da Terra por satélite com imagens de alta qualidade e softwares preditivos. A IAI é uma empresa estatal que se tornou, em cerca de 30 anos, uma das maiores empresas do mundo no setor de defesa e aeroespacial.
 

AGENDA — Entre as agendas a serem cumpridas nesta sexta-feira (4) está a reunião com o embaixador do Brasil no país, Gerson de Freitas. A delegação brasileira do MCom está em missão internacional desde o último domingo (26) e já passou por Barcelona, na Espanha, onde participou do Mobile World Congress (MWC) 2023, de reuniões bilaterais e de encontros com representantes de empresas do setor de telecomunicações.
 

Ascom MCom

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE