Patos - PB 13 de junho de 2024

Publicidade

João Azevêdo viabiliza instalação de mais uma usina de energia eólica nos municípios de Pocinhos e Areial

Foto: reprodução

 

O governador João Azevêdo recebeu nesta quarta-feira (15), representantes da multinacional portuguesa EDPR para conversar sobre a instalação de parque de energia eólica nos municípios de Pocinhos e Areial. O projeto, denominado Serra da Borborema, já está em fase de licenciamento, e a previsão do grupo é que as obras de implantação sejam iniciadas no mês de outubro deste ano.

O investimento para a implantação do projeto Serra da Borborema é de R$ 1,4 bilhão com implantação de 21 aerogeradores, 123 MW de potência instalada e uma linha de transmissão de 30 km. Mais de 500 empregos diretos e indiretos serão gerados na construção e operação do empreendimento.

O grupo EDPR também possui uma usina de energia solar instalada na Paraíba município de São José da Lagoa Tapada com capacidade de 66 MW, aguardando apenas o início da operação.

O governador João Azevêdo pontuou sobre o bom momento vivenciado pela Paraíba em projetos de energias renováveis e disse que o Governo do Estado está empenhado em viabilizar novos empreendimentos que reforcem a capacidade energética do Estado, respeitem o meio ambiente e gerem emprego e renda no entorno desses empreendimentos.

Durante a reunião, a diretora de Projetos da EDP Renováveis Brasil – Mariane Marmo, a diretora de Meio Ambiente e Social, Maíra Zanduzzoe, e o diretor de Desenvolvimento, Temoclito Fernandes, apresentaram o projeto de implantação do projeto Serra da Borborema ao governador João Azevêdo, ao vice-governador Lucas Ribeiro, à secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rosália Lucas, e à secretária de Meio Ambiente do Estado, Rafaela Camaraense.

A diretora de Meio Ambiente e Social da empresa, Maíra Zanduzzoe, destacou que o projeto Serra da Borborema está em fase de licenciamento ambiental e a expectativa é que as licenças sejam analisadas e aprovadas no tempo necessário para iniciar as obras no mês de outubro deste ano. “Esse é um projeto que vem contribuir para o sistema integrado de energia eólica no Nordeste e da Paraíba com uma capacidade instalada de 123 MW, que é suficiente para abastecer uma cidade de 300 mil habitantes por dia”, explicou Maíra.

Rafaela Camaraense afirmou que a Secretaria de Meio Ambiente tem um dos pontos focais e uma das prioridades é a geração de energia renovável. “A energia limpa, andando de verdade com o que o mundo tem proposto e com o potencial enorme que a Paraíba possui”. Ela acrescentou que o governador tem buscado viabilizar a instalação desses parques aqui no Estado da Paraíba, fazendo com que o Estado seja uma referência para o Nordeste e para o país.

“Não tenho dúvida nenhuma que o Governo do Estado está aqui para ajudar na implantação desses empreendimentos no nosso estado. Sob a condução do governador João Azevêdo, estamos trabalhando para que a produção de energia limpa ocorra de uma forma que preserve o nosso meio ambiente e respeite as pessoas que vivem nessas localidades”, ressaltou a secretária de Meio Ambiente da Paraíba.

EDPR – A EDPR é uma empresa portuguesa do grupo EDP que atua na identificação, estudo, planejamento, desenvolvimento, implantação, gestão e manutenção de projetos de energias renováveis, sendo referência mundial em energia eólica.

Com projetos de desenvolvimento sólidos, ativos de primeira categoria e uma capacidade de operação líder de mercado, a EDPR tem tido um desenvolvimento excecional nos últimos anos está presente em 29 mercados internacionais: Alemanha, Bélgica, Brasil, Camboja, Canadá, Chile, China, Colômbia, Espanha,  Estados Unidos França, Grécia, Hungria, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, México, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia, Singapura, Tailândia, Taiwan e Vietnam.

Politicaeetc

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE