Patos - PB 22 de fevereiro de 2024

Publicidade

Paraíba tem o 3º melhor desempenho na vacinação Bivalente no Nordeste

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

Foto: reprodução

 

Paraíba figura em terceiro lugar no ranking dos estados do Nordeste com o melhor desempenho na campanha da vacina Bivalente contra a Covid-19. Já foram vacinados até esta quinta-feira (16) 55.544 pessoas das duas fases vigentes da mobilização, que compreendem a população acima de 60 anos e mais, pessoas a partir de 12 anos vivendo em Instituições de longa Permanência e seus trabalhadores, imunocomprometidos, indígenas e quilombolas. Bahia e Ceará são os estados que tem o maior número de doses aplicadas.

Mesmo com o bom desempenho, em Nota técnica divulgada aos municípios nesta quarta-feira (15), a SES fez uma avaliação da campanha da vacina Bivalente contra a covid-19 e chamou a atenção para melhorar a adesão da população ao novo reforço, uma vez que mais de 300 mil doses já foram disponibilizadas para todos os municípios. O documento aponta que 52 municípios não informaram a aplicação de vacina Bivalente no Sistema de Informação, em nenhum dos públicos.

O secretário estadual de Saúde, Jhony Bezerra, reforça que os municípios já possuem um estoque de vacinas para contemplar as duas fases vigentes e que devem facilitar o acesso e incentivar à população a aderir à campanha. “A vacina é segura e este reforço é necessário para manter a população mais vulnerável protegida. É essencial que trabalhar a conscientização para que a população busque a sala de vacinação, pois apesar de estamos em um momento confortável no cenário do vírus, não podemos descuidar. Nós temos a ferramenta para combater o vírus, que são as vacinas disponíveis nos postos de vacinação dos 223 municípios”, enfatiza o secretário.

A vacinação Bivalente contra a covid-19, segue o calendário estratégico. A partir do dia 20 de março, a campanha entra na 3ª fase, que inclui gestantes e puérperas. Já a 4ª fase, que compreende trabalhadores da Saúde, e a 5ª e última fase, que integra portadores de deficiência permanente, população privada de liberdade (a partir de 18 anos), adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos) e funcionários do sistema de privação de liberdade, iniciarão no dia 17 de abril.

Para receber a vacina bivalente, é necessário ter completado o esquema primário de 1ª e 2ª dose da vacina contra covid-19. Quem fez o complemento com as doses de reforço também pode tomar, desde que a última dose tenha sido recebida há quatro meses ou mais.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE