Patos - PB 25 de fevereiro de 2024

Publicidade

PF deflagra operação em Patos contra empresa que teria falsificado laudos de exames

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

 

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira 21 de março, a Operação Apáte. Foram cumpridos 04 mandados de busca a apreensão, expedidos pelo Juízo da 14ª Vara Federal de Patos-PB, para endereços localizados nas cidades paraibanas de Patos e João Pessoa. Em Patos, os mandados foram cumpridos na centro da cidade e no bairro da Brasília.

A investigação tem como objetivo apurar possível cometimento dos crimes de Falsificação de Documento Particular (art. 298, Código Penal) e Uso de Documento Falso (art. 304, Código Penal) cometidos, em tese, por representantes legais de estabelecimento com sede em Patos/PB, que teriam falsificado diversos laudos psicológicos para homologação junto à Polícia Federal de cursos de vigilantes realizados pela empresa nos anos de 2022 e 2023, sendo que os exames psicotécnicos sequer teriam sido realizados pelos alunos.

Mais de 20 policiais federais participaram desta operação, que ganhou seu nome em referência ao ser Apáte, que é o espírito do engano, do dolo e da fraude na mitologia grega.

Até o momento, ninguém foi preso.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE