Patos - PB 22 de junho de 2024

Publicidade

Conta de energia fica mais cara a partir da próxima semana na Paraíba

 

A conta de energia vai ficar mais cara, a partir do dia 28 de agosto, para o consumidores residenciais da Paraíba. O aumento na tarifa de energia será de 0,68% para os clientes da Energisa Paraíba e de 11,98% para os consumidores da antiga área de concessão da Energisa Borborema (Campina Grande e região). O reajuste foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) nesta terça-feira (22).

Os consumidores residenciais da Energisa Borborema estavam com as tarifas congeladas há 18 meses e também perceberão o aumento também a partir do dia 28 de agosto.

Os índices são diferentes porque, até este ano, as tarifas-base eram distintas entre as duas empresas. Com a unificação da Energisa Paraíba e da Energisa Borborema, o processo de Reajuste Tarifário Anual, a partir do próximo ano, será único para os clientes que, agora, são todos atendidos pela Energisa Paraíba.

De acordo com Bernardo Athayde, Gerente Corporativo de Regulação Econômica da Energisa, os impactos na tarifa vão ocorrer da seguinte forma:

Energisa Paraíba

Alta e Média Tensão: redução de 10,63%

Baixa Tensão: amento de 1,09%

Residencial: 0,68%

Efeito médio ao consumidor: 1,46%

Energisa Borborema

Alta e Média Tensão: aumento de 14,44%

Baixa Tensão: amento de 12,32%

Residencial: 11,96%

Efeito médio ao consumidor: 12,83%

O reajuste tarifário é um processo regulado pela Aneel, previsto no contrato de concessão da empresa, que apresenta regras bem definidas a respeito das contas de luz e a metodologia de cálculo dos reajustes. Pela norma, o valor da tarifa poderá ser reajustado anualmente – Reajuste Tarifário Anual – e a cada cinco anos, no processo de Revisão Tarifária Periódica.

politicaetc

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE