Patos - PB 1 de março de 2024

Publicidade

Fábrica chinesa de medicamentos também produzirá insumos para vacinas, na Paraíba

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

O governador da Paraíba, João Azevêdo, anunciou que empresa chinesa Tonghua Dongbao Pharmaceutical, com quem fechou acordo para a produção de insulinas, também produzirá insumos de vacinas. A informação foi dada no programa ‘Conversa com o Governador’, na tarde desta segunda-feira (4).

De acordo com João Azevêdo, a chegada da fábrica deve gerar pelo menos 450 empregos na Paraíba. Sobre o insumo, ele se referiu ao Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), um dos mais importantes na produção de vacinas contra a Covid-19 e outras doenças.

Na entrevista desta segunda-feira, ele confirmou que essa ideia fez parte também do consenso que resultou na implementação da fábrica, através da conversa que teve com o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin.

“Talvez não tenham dimensão do que representará essa indústria. Essa fábrica vai produzir que se produza insulina, mas também será produzido o IFA, que é o insumo para a produção de vacinas e insulinas, e que aqui será também fabricado”, disse.

O governador voltou a confirmar que o acordo já foi assinado para o início da construção da fábrica, que será construído em Caaporã, no Litoral Sul da Paraíba.

Com isso, o aguardo agora passa pelo início das etapas de importação de produtos e licenciamento junto à Anvisa. Após o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Paraíba terá 12 meses para construir a fábrica.

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE