Patos - PB 22 de fevereiro de 2024

Publicidade

Primeira mulher corretora de imóveis da Paraíba continua fazendo história

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

 

Inscrita há 44 anos no Creci-PB sob o registro n. 024, a corretora de imóveis Adelaide Holanda continua exercendo a profissão que abraçou, com as energias renovadas pela satisfação com o legado – construído ao longo desse quase cinquentenário – ao qual o filho Alisson vem dando continuidade.

Durante a recente Festa apoiada pelo Órgão, alusiva aos 61 anos de regulamentação da profissão, ela declarou ao jornalista Cândido Nóbrega (foto), ser gratificante ver ambos seguindo seus passos e contribuindo para o desenvolvimento do setor imobiliário no estado. “Estamos deixando-os para João Pessoa trabalhando em prol da Paraíba”, ressaltou com orgulho.

Seu nome marcante é constante fonte de inspiração para novas profissionais que ingressam no mercado imobiliário, ocupando espaços cada vez maiores, como Silvia Cristina Fávero, que meses atrás, ao receber solenemente sua carteira, destacou-a como exemplo.

Fonte de inspiração

“O pioneirismo de Adelaide Holanda é uma inspiração para todas nós. Basta ter garra, coragem e disposição, assim como ela teve e continua tendo”, afirmou Silvia.

Atualmente, do total de 13.797 corretores de imóveis registrados no estado, 4.216 são mulheres. Dessas, 3.111 estão ativamente exercendo a profissão, enquanto 1.105 estão inativas temporariamente. Em João Pessoa, 2.105 mulheres corretoras estão na ativa, enquanto em Campina Grande esse número é de 505 profissionais.

Representatividade em gestão

Ainda nesse contexto, o Conselho conta com uma vigorosa representação feminina na gestão, com a participação de corretoras de imóveis na sua diretoria executiva, nas Comissões da Mulher nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras, e em diversas outras Comissões, além de Conselheiras, Diretoras Adjuntas, Delegadas regionais e de bairros, bem como na Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero, criada, de forma inédita, entre os demais Regionais.

Para todas, o Creci-PB criou e disponibilizou em seu site uma Cartilha de Orientação à atuação das Mulheres Corretoras.

 

Assessoria

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE