Patos - PB 22 de fevereiro de 2024

Publicidade

STJ rejeita novo pedido para soltar braço direito do prefeito de São Mamede

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

O ministro João Batista Moreira, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou, na noite desta segunda-feira (18), mais um pedido impetrado pela defesa de João Lopes, ex-procurador da Câmara de São Mamede e braço direito do prefeito afastado do município, Umberto Jefferson (União Brasil), para que Lopes fosse posto em liberdade.

Ao pedir a liberdade, a defesa de João Lopes alegou que o preso está submetido a “um constrangimento ilegal”. O ex-procurador está preso no Presídio Regional de Patos junto a outros investigados da Operação Festa no Terreiro que ainda não conseguiram liberdade.

No mês passado, o magistrado já tinha rejeitado o primeiro pedido de soltura. O entendimento, no entanto, é diverso do aplicado ao prefeito Umberto, preso na mesma operação e solto pelo mesmo ministro em agosto.

Por Wallison Bezerra

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE