Patos - PB 25 de fevereiro de 2024

Publicidade

1 a cada 5 jovens de 18 a 24 anos não concluiu o ensino médio nem vai à escola no Brasil, mostra Inep

// Obtém uma referência para o botão de impressão const imprimirBtn = document.getElementById('imprimirBtn');// Adiciona um evento de clique ao botão imprimirBtn.addEventListener('click', function() { window.print(); });

De cada cinco brasileiros de 18 a 24 anos, um está fora da escola mesmo sem ter concluído o ensino médio, mostram dados do Censo da Educação Superior 2022, divulgados nesta terça-feira (4) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A distribuição é a seguinte, nessa faixa etária:

  • 1,2% está “atrasado” e frequenta o ensino fundamental;
  • 9,9% também estão fora do padrão esperado e ainda cursam o ensino médio;
  • 21,2% não vão à escola e não concluíram ensino médio;
  • 20,2% frequentam o ensino superior;
  • 4% já concluíram a faculdade;
  • 43,4% não estão na universidade, mas concluíram o ensino médio.

Os índices do Censo, referentes a professores, alunos e instituições de ensino, servem para embasar novas políticas públicas e desenhar um panorama da educação brasileira.

Nas faculdades privadas, 72% dos novos alunos em 2022 optaram pela EAD

Outro destaque do Censo é o crescimento da Educação à Distância (EAD). Essa tendência, já presente nos últimos anos, gera preocupação de especialistas, por causa da regulação frágil do setor e dificuldade de mensurar a qualidade dessas graduações.

Segundo ele, 16 cursos superiores não poderão ser feitos à distância: enfermagem, direito, odontologia e psicologia (já suspensos) e outros 12 ainda em debate, por meio de consulta pública.

Veja os principais pontos:

➡️O número de novos alunos que escolheram fazer faculdade à distância cresceu 20% entre 2021 e 2022: saltou de 3,9 milhões para 4,7 milhões. Desde 2020, a EAD ultrapassou o ensino presencial no quesito “ingressantes”.

➡️Nas instituições de ensino privadas, 72% dos novos alunos em 2022 optaram por estudar à distância. Nas licenciaturas (cursos de formação de professor), o índice foi ainda maior: 93,2%.

➡️O número de cursos EAD no ensino superior triplicou em 4 anos: foi de 3.177 graduações em 2018 para 9.186 em 2022.

🖋️Alerta: menos da metade dos alunos fez o Enem

O Censo da Educação Superior 2022 mostrou também que apenas 48,2% dos alunos brasileiros que concluíram o ensino médio em 2022 fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prova que possibilita o acesso a universidades públicas (por meio do Sisu) e particulares (por bolsas, no Prouni, e por financiamento, no Fies).

Os estados com pior desempenho são Bahia, Roraima, Maranhão e Pará. A situação é mais favorável no Ceará, em Goiás e no Espírito Santo.

Com G1

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE