Patos - PB 27 de maio de 2024

Publicidade

Professores acatam proposta do governo estadual e desistem de paralização em busca de atualização no PCCR

 

Através de uma assembleia realizada na última quarta-feira (20) professores da Rede Estadual de Ensino decidiram acatar a proposta apresentada pelo governo estadual em resposta às reivindicações da categoria. Dentre as demandas dos professores da rede estadual estão questões salariais e do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, valorização da Carreira,(PCCR), reajuste salarial acima da inflação, qualidade da educação estadual com melhores condições de trabalho, concurso público para professores e equipes escolares.  

Os docentes estaduais estavam ameaçando paralisar suas atividades após entrarem em estado de greve, mas após o encontro realizado com o governador na última terça-feira (19) e o compromisso assumido pelo governador de enviar até o início de abril a minuta do PCCR para análise na Assembleia Legislativa da Paraíba, os professores adotaram a nova posição sobre a matéria.  

Também estiveram presentes na reunião os secretários Roberto de Souza, da Educação, Tibério Limeira, da Administração, Gilmar Martins, do Planejamento, e Fábio Andrade, procurador-geral do Estado. Do total de servidores da Educação, um grupo composto por 500 professores disse que vai manter o estado de greve até o envio da proposta. 

Para o Coordenador Geral do SINTEP, Antonio Arruda, a assembleia-geral aconteceu de forma pacífica, com uma participação expressiva da categoria. “Muitos educadores e educadoras, no uso de suas falas, puderam expressar as dúvidas e expectativas, avaliando os pontos apresentados na proposta do Governo”, destacou. 

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE