Patos - PB 18 de julho de 2024

Publicidade

Projetos de 20 instituições de ensino da Paraíba disputam etapa regional do Prêmio Educador Transformador

 

Vinte instituições de ensino da Paraíba estão na disputa da etapa regional do Prêmio Educador Transformador. A iniciativa está na sua segunda edição e é uma realização do Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare. O objetivo é identificar, valorizar e divulgar projetos educacionais transformadores implementados por professores de todo o Brasil, focados na educação empreendedora.
Os vencedores da etapa regional serão conhecidos na próxima sexta-feira (5). Dos concorrentes da Paraíba estão na disputa projetos implantados em escolas públicas de Campina Grande (6), Ingá (3), Cuité (1), Guarabira (1), Serra Branca (1), São Domingos do Cariri (1), Rio Tinto (1), João Pessoa (1), Juazeirinho (1), Mamanguape (1) e Sumé (1). Já no ensino superior são dois competidores, uma faculdade privada em Cajazeiras e outra, em João Pessoa. A etapa nacional está prevista para o dia 25 deste mês, em solenidade presencial, em São Paulo (SP).
“Este reconhecimento é um testemunho do compromisso dos educadores com a inovação e a transformação na educação. A etapa final do prêmio culminará com a divulgação do ganhador nacional durante o evento Bett Brasil. A jornada do Prêmio Educador Transformador é uma oportunidade para que professores de todo o Brasil mostrem como estão transformando a educação e inspirando seus alunos”, explicou a gestora da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae/PB, Humara Medeiros.
Estão participando da premiação, projetos de professores realizados entre 2021 e 2023, vinculados a instituições de ensino. Os projetos pedagógicos têm formatos diversos, como atividades, estudos, jogos, metodologias, cursos, tecnologias, desafios, apresentações, competições, serviços ou produtos. Na edição anterior do prêmio, aproximadamente 2,9 mil projetos foram inscritos.
Educação Empreendedora – Criado em 2013 pelo Sebrae, o Programa de Educação Empreendedora é conhecido atualmente como Programa Educação Que Transforma. A iniciativa já alcançou 97% dos municípios brasileiros, com 13,5 milhões de atendimentos a alunos e mais de 1 milhão de professores assistidos, com ações que oferecem formação e capacitação com ferramentas e metodologias pedagógicas específicas. Depois da aprovação da Nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Educação Empreendedora ganhou força na educação formal brasileira, uma vez que o desenvolvimento de competências empreendedoras está alinhado às novas diretrizes da Educação no país, sendo conteúdo transversal no documento.
UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING – SEBRAE PARAÍBA

Compartile:

Tags:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE